56 bispos paulistas participam da Assembleia Geral da CNBB

Na manhã desta quarta-feira, dia 10, teve início a 61º Assembleia Geral (AG) da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). A Assembleia se realiza até o dia 19 de abril no Centro de Eventos Padre Vitor Coelho de Almeida, no Santuário Nacional em Aparecida.

A realidade da Igreja no Brasil e a atualização de suas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora se configuram como temas principais da programação, tendo três temáticas prioritárias, a saber, Sínodo dos Bispos 2021-2024, Jubileu 2025 e Juventude.

A CNBB é a maior conferência episcopal do mundo com a participação de 442 bispos na 61ª edição da Assembleia Geral em 2024, número recorde e até maior que o total de bispos em muitos países próximos, como destacou o dom Jaime Spengler, arcebispo de Porto Alegre (RS) e presidente da entidade durante a primeira coletiva de imprensa do encontro eclesial.

“A vida de fé acontece na comunidade. Por isso, um dos grandes desafios que as novas diretrizes podem ter diante de si é como propor o Evangelho às novas gerações. Pensando, sobretudo, nos adolescentes” explicou dom Jaime sobre um dos temas da Assembleia. Segundo o presidente da CNBB, os jovens sofrem uma “mudança geracional” a cada cinco anos, o que dificulta a comunicação com eles.

RETIRO ESPIRITUAL

Como parte da programação, logo mais, às 16h, terá início o Retiro Espiritual do episcopado brasileiro com a pregação do secretário de Estado do Vaticano, cardeal Pietro Parolin. Com o tema “O Caminho Sinodal”, três pontos importantes serão abordados no momento de oração: comunhão, participação e missão, segundo o cardeal.

O secretário de Estado também destacou oportuna a preocupação dos bispos com a evangelização da juventude católica, pois é também a partir dos jovens que a vida espiritual nasce nas comunidades.

BISPOS PAULISTAS

Do Regional Sul 1 da CNBB, que compreende as arquidioceses e dioceses paulistas, 56 bispos participam da 61ª edição da AG. Dentre eles, 48 bispos titulares e auxiliares, seis eméritos, dois cardeais e um bispo de outro rito.

Texto: Pascom Regional Sul 1 da CNBB
Fotos: Thiago Leon I Santuário Nacional

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
X